Notícias

Os 10 mandamentos de Steve Jobs para administradores

18-07-2017

1. Procure a perfeição
Quem conhece pelo menos um pouco da história do fundador da renomada Apple, sabe o quanto Jobs era atento aos detalhes de cada parte dos produtos da marca. Para ele, cada item importava como se fosse o único, tanto que um dia antes do lançamento da primeira versão do iPod, a equipe passou a noite trocando os plugs dos fones de ouvido porque o CEO acreditava que eles não reproduziam apropriadamente os sons.

2. Fale com experts
O ser humano é como uma esponja: absorve um pouco de cada lugar onde vai e de cada uma das pessoas das quais se rodeia. Jobs achava essencial se manter próximo a especialistas para obter o melhor de si mesmo e nos produtos desenvolvidos pela Apple.

3. Seja impiedoso
As equipes de Steve Jobs trabalharam duro em uma espécie de Palm Pilot e o desenvolvimento só foi encerrado quando Steve percebeu que os smartphones tomariam o lugar desses aparelhos de forma rápida. Mesmo assim, Jobs se orgulhava de produtos como esse, que não foram lançados.

4. Esqueça dos Focus Groups
Ao invés de utilizar focus groups para testar os produtos da Apple (técnica utilizada na pesquisa de mercado qualitativa, na qual se emprega a discussão moderada de entre 8 e 12 participantes), ele mesmo levava cada item para casa para testá-los por meses.

5. Nunca pare de aprender
Steve Jobs absorveu muito das diferentes experiências que teve na vida em relação a estudos. Ele trancou seu curso na Reed College, onde aprendeu física, literatura e poesia, mas, durante as aulas, estudou conteúdos sobre caligrafia que o levaram a prestar extrema atenção em cada fonte colocada nos produtos Apple. Além disso, buscava fontes de inspiração diferenciadas, como passear por estacionamentos para ver carros importados e ter ideias para o primeiro iMac.

6. Simplifique
Ao olhar para os produtos da Apple, é perceptível o toque minimalista que os produtos tem. Mas veja bem: a simplificação não fica só do lado de fora, mas também na parte interna de cada aparelho. Jobs reduzia os equipamentos ao mínimo possível de peças de hardware para ficar apenas o fundamental. Em uma dessas simplicações, Jobs tirou o botão de ligar e desligar do iPod e criou a tecnologia do Click Wheel.

7. Mantenha segredo
O intuito de Jobs ao manter as informações da Apple secretas não era uma questão de ter medo de “olho gordo”, inveja ou qualquer coisa do tipo. Sua intenção sempre foi manter as informações dividas em células secretas para que uma curiosidade fosse gerada em cada lançamento, tornando os produtos ainda mais famosos e desejados, criando, inclusive, mídia espontânea para os aparelhos da empresa.

8. Tenha times pequenos
Por algum motivo, Steve Jobs gostava de ter times de profissionais com 100 pessoas, dizendo que só conseguia se lembrar de 100 nomes. Ele percebia a importância de saber quem eram seus funcionários e fazer sua equipe trabalhar como uma engrenagem bem oleada.

9. Faça protótipos
Tudo o que é produzido pela Apple, desde os produtos até os detalhes de uma das Apple Stores, é prototipado para ter o melhor desempenho possível. Cada projeto precisa ser desenvolvido e testado para minimizar possíveis erros e, dependendo do caso, reconstruir do zero.

10. Recompensar é melhor que punir
Ainda que Steve Jobs não tivesse fama de ser a pessoa mais agradável do mundo, não se pode negar que era dono de um carisma inquestionável se levarmos em conta que sua equipe já chegou a trabalhar 90 horas por semana durante 3 anos para a criação de uma máquina.

Sindibeleza © 2017 | desenvolvido por genericapontocom