Notícias

Como evitar erros ao contratar um profissional?

05-10-2016

O mercado aquecido e a baixa qualificação dos candidatos tornam a retenção e contratação de funcionários e profissionais por 12 meses, uma missão quase impossível. Um dos principais desafios que afetam a seleção é a falta de mão de obra qualificada. Muitas vezes o candidato tem um currículo maravilhoso, mas na prática nada sabe! Outras vezes o candidato não tem currículo, mas às vezes é proativo, determinado e faz melhor que o esperado.

Estabeleça o perfil desejado dos funcionários e profissionais. Desenhe o perfil do candidato ideal para cada vaga. Enumere e dê peso a características como idade, formação escolar, gênero, estado civil etc. Depois, pense no perfil comportamental que melhor se encaixa para vaga.

Defina a vaga

O que de fato o funcionário ou profissional precisa ter para ser funcional para vaga e agregar valor à sua empresa/salão. Qual será a rotina de trabalho da vaga disponível. Estabeleça uma rotina de trabalho diária, desde o momento que o funcionário/profissional entra na empresa/salão.

Veja o passo a passo para não errar na hora de contratar um profissional:

  1. Desenvolva uma política interna, qual o conceito da sua empresa/salão: valores, visão, missão, normas e qual legado você quer deixar.
  2. Estabeleça uma rotina de trabalho: o que vai fazer, como vai fazer, porque fazer, postura de atendimento, postura com a equipe, respeito de hierarquia, quem chamar em situações constrangedoras e quais horários.
  3. Preparar-se para as entrevistas: pergunte mais, não diga de cara o que você quer para a vaga. Os candidatos provavelmente responderão o que você quer ouvir.
  4. Faça perguntas como: Quantos empregos já teve? Porque saiu do último? Porque decidiu se candidatar para a vaga? Qual seu maior sonho? O que você faria para realizar? Se uma cliente for grosseira sem educação, o que você faz? Caso você esquecer-se de fazer algo que comprometa sua equipe, o que você faz? Quais são seus três defeitos? Quais são as três qualidades? Qual seu salário ideal?
  5. Teste para a vaga: caso seja profissional ou assistente, a observação é fundamental. Tente deixar o candidato mais à vontade possível, embora seja complicado pois o mesmo está sendo avaliado.
  6. Fale sobre a rotina e o que você exatamente quer para a vaga. Reforce os valores da empresa/salão e fale da sua política interna.

Sindibeleza © 2017 | desenvolvido por genericapontocom