Notícias

Beleza e Higiene

19-06-2018

Muitas pessoas não se dão conta do perigo que podem encontrar ao frequentar salões de beleza que não se preocupam com cuidados relacionados à higiene. Os números de doenças causadas pelo uso compartilhado de objetos veem crescendo a cada dia.

Geralmente as pessoas estão sempre com horários corridos, e isso impede que elas percebam que ao usar objetos compartilhados nos salões de beleza podem estar adquirindo algumas doenças, principalmente quando falamos em objetos cortantes.

O compartilhamento de escovas de cabelos contaminadas pode levar a uma infecção fúngica (micose) conhecida como pitiríase versicolor além da dermatite seborreica que pode ser contraída por meio das mesmas. A doença é uma inflamação crônica da pele. Ela ataca o couro cabeludo sob a forma de lesões avermelhadas que descamam e coçam. Para tratar a doença existem medicamentos específicos para a pele e o couro cabeludo capazes de controlar os sintomas. Assim como o risco de transmissão da hepatite através de instrumentos compartilhados tais como lâminas de barbear e tesouras podem transmitir a doença.

Principalmente homens que fazem a barba, esses devem checar atentamente sobre a higienização do material que será utilizado.

Portanto, gestores a higiene do seu estabelecimento reflete uma preocupação com a saúde e bem estar de seus clientes, maiores cuidados geram credibilidade e atrai ainda mais pessoas, fica a dica.

Sindibeleza © 2018 | desenvolvido por genericapontocom